Pular para o conteúdo

Evangelístico

Persuadir os perdidos ao arrependimento.

“SEM RESSURREIÇÃO, SEM SALVAÇÃO” é o título deste esboço de sermão baseado em I Coríntios 15.12-22, elaborado para resgatar na igreja o incalculável valor da ressurreição de Cristo, a máxima importância da Páscoa dos cristãos. A sua ressurreição nos livrou das seguintes ARMADILHAS: Das vãs filosofias, do engano das religiões e da armadilha do pecado.

Sem Ressurreição, sem salvação

RENOVO 2 Corintios 5:14-17 RENOVO foi o título escolhido para este sermão baseado na extraordinária afirmação bíblica: “Eis que tudo se fez novo”. Gancho: Alguém aqui já perdeu uma boa oportunidade na vida, seja por imaturidade ou por qualquer outro motivo, e até hoje está… Continue a ler »Renovo

Renovo

“O NOVO NASCIMENTO” é o título deste estudo bíblico acerca deste tema tão importante e atual, pois as pessoas estão “virando” crente ao invés de “nascer de novo”.

O novo nascimento

    Você sabe o quão poderoso esse nome é? Depois da sua estadia na Terra, morte e ressurreição, Jesus foi mencionado inúmeras vezes ao longo dos últimos 2000 anos, tanto pelos seus grandes feitos, quanto por quem é.

    O poder do nome de Jesus

    “MONTE SINAI E O NOVO NASCIMENTO” foi o título escolhido para este esboço de sermão em razão das inegáveis semelhanças entre a manifestação de Deus no Monte Sinai e Novo Nascimento anunciado por Jesus.

    Monte Sinai e o Novo Nascimento

    “MANÁ, O PÃO DO CÉU” é um título adequado para para este sermão, pois Êxodo 16 é o registro histórico da chegada do PÃO DO CÉU, um dos símbolos mais importantes da Pessoa e da Obra de Jesus Cristo.

    Maná o Pão do Céu

    O que Jesus pensa do seu aniversário é o título desta meditação acerca da data mais celebrada do Cristianismo.

    O Natal é festa anual em memória do nascimento de Cristo. 
    – Os protestantes e católicos o comemoram em 25/12.
    – A Igreja Ortodoxa, em 06/01.
    – E a Igreja Armênia, em 16/01.

    A Bíblia não tem data para o nascimento de Cristo. É provável que Jesus tenha nascido no verão por volta de Agosto e Setembro. Sabe-se que a 1ª comemoração oficial do natal foi em 25/12/325 em Roma. Há indícios de que algumas igrejas no século III comemoraram o natal em 06/01. É quase certo que a igreja primitiva não comemorava o natal.

    E se o fazemos agora, não estamos pecando pois “todas as cousas são puras para os puros” (Tt 1.15ª).

    O que Jesus pensa do Seu aniversário