Pular para o conteúdo

RENOVO
2 Corintios 5:14-17

RENOVO foi o título escolhido para este sermão baseado na extraordinária afirmação bíblica: “Eis que tudo se fez novo”.

Gancho: Alguém aqui já perdeu uma boa oportunidade na vida, seja por imaturidade ou por qualquer outro motivo, e até hoje está ressentido? Que, se pudesse, voltaria atrás e faria escolhas diferentes?  Alegre-se então, essa palavra é para você! Não se martirize com o passado, tudo se fará novo, num legítimo renovo!

Como, de que MANEIRAS é possível um Renovo?

  • Relacionando-se com Jesus de um jeito NOVO.
  • Lidando com o nosso “eu” de um jeito NOVO.
  • Olhando para as pessoas de um jeito NOVO.


1ª MANEIRA: RELACIONANDO-SE COM JESUS DE UM JEITO NOVO (vs. 14)

A morte de Jesus nos trouxe a certeza da vida eterna, infelizmente, experimentada por poucas pessoas.

Quem recebe a Jesus em seu coração não fica com medo da eternidade, pelo contrário, anseia por ela. Mas não é apenas a esperança de vida eterna que a sua morte nos traz, mas também a esperança de uma vida nova dia a dia, em todas as esferas da sociedade. Seja na família, no trabalho, na igreja, entre amigos.

Nossa perspectiva muda depois de um encontro real e verdadeiro com o Senhor. O apóstolo Paulo fala em Romanos 8.1 : “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.”

Nossas ações são transformadas, nossa culpa é retirada, pois Deus nos ama e não nos condena mais, desde que vivamos segundo o Espírito e não a carne. Assim, passamos a experimentar uma vida nova em Jesus Cristo.

Sobre nosso passado, Deus fala em Hebreus 10:17: “Dos seus pecados e iniquidades não me lembrarei mais”. Pela morte de Jesus na cruz e sua ressurreição, devemos crer que tudo se fará novo em nossa vida! Seu sangue derramado é poderoso para nos perdoar e nos purificar de todo pecado. Sua ressurreição é nossa garantia de que nós também ressuscitaremos com Ele em.

Receba a Cristo hoje em sua vida ou renove sua aliança com Deus!


2ª MANEIRA: LIDANDO COM O NOSSO “EU” DE UM JEITO NOVO (vs. 15)

Muitos dos problemas que tivemos no passado foi por viver para nós mesmos, talvez até de forma egoísta. Foi tentando “limpar nossa barra”, “passar a limpo” o que fora dito por alguém, ou acreditar em fofocas e por isso afastar-se de outras pessoas. Mas, sempre olhando como nós ficaríamos na história, preocupados com nossa imagem por aí.

Contudo neste verso (15), vemos que tudo se fará novo em nossa vida, desde que não vivamos mais para nós mesmos, mas sim para Jesus, pois quem está em Cristo nova criatura é. Não é mais nossa vida que está em destaque, mas a vida de Jesus em nós. Não é mais nossa reputação, reconhecimento ou poder que deve aparecer, mas que as pessoas reconheçam e vejam Jesus através de nós.

João Batista entendia perfeitamente isso, quando falou “É necessário que ele cresça e que eu diminua”. João 3:30.

Sugestão de ilustração: Desapega ou sofra

Devemos negar a nós mesmos todos os dias, pegar nossa cruz e seguir a Jesus. Lucas 9:23

Ore aí mesmo, falando a Jesus do quanto você deseja não viver mais para si, mas sim para Ele. Do quando deseja falar que em sua vida tudo se fez novo!


3ª MANEIRA: OLHANDO PARA AS PESSOAS DE UM JEITO NOVO (vs. 16)

Tudo poderá ser novo em sua vida, se daqui por diante você olhar as pessoas como Jesus as vê, pois, apesar de sermos desprezíveis, cheio de falhas, falsos, arrogantes e presunçosos, diz a Palavra que Jesus: “Vendo as multidões, teve grande compaixão delas”. Mateus 9:36.

Alguém cheio do Espírito Santo vê as pessoas com olhos espirituais e não com olhos carnais. Tem um coração transbordante de compaixão. Não olha já apontado os erros de uma pessoa, nem suas falhas, mas olha com amor de Cristo, pois sabe da força e do poder que o amor tem para transformar vidas.

Pelo menos é isso que vemos em 1 Pedro 4:8: “Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros, porque o amor cobrirá a multidão de pecados”.

Em 2 Corintios 5:14 diz que o amor de Cristo nos constrange. Como pode sabermos desse amor que nem merecemos e não ficarmos constrangidos, por não amar alguém próximo a nós?

Não nos esqueçamos das palavras de João em 1 João 4:20: “Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?”.

Contudo não é somente as pessoas que não devemos olhar segundo a carne, mas até a nós mesmos, pois muitas vezes somos especialistas em nos autodesprezar e autodepreciar, ótimos em pensar coisas ruins a nosso próprio respeito, mas não adianta olharmos as pessoas com compaixão, amor e não aprender a olhar para nós também deste modo.

O apóstolo Paulo nos exorta em Romanos 12:03: “Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um”.

Não devemos pensar além nem aquém do que somos, pois somos imagem e semelhança do Criador.

Sugestão de Ilustração: Nós podemos fazer mais que isso!

Temos o dever de olhar as pessoas, não com nossos olhos, mas com o olhar de Jesus.

Quem você tem visto apenas com seus olhos e que talvez precise ser olhado(a) com o olhar de Jesus? E como você tem se olhado? Ore agora pedindo a Deus que te ajude a não olhar-se mais assim, nem aos outros.


CONCLUSÃO

Mantendo um relacionamento correto com Jesus, com o nosso “eu” e com o próximo, certamente iremos entender e vivenciar O RENOVO DE DEUS. Tudo se faz novo”.

 

Título: Renovo
Auto: Pr Luis Fernando Matoso.
Data: 11/02/2022

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos demais esboços: Esboços

Renovo

1 comentário em “Renovo”

  1. Sidney Ribeiro Balut

    “Nem a circuncisão é cousa alguma nem a incircuncisão mas o ser nova criatura”(Gl 6.15).

    A pessoa que tem um relacionamento com Jesus se torna uma nova criatura pelo poder regenerador do Espírito Santo.Ela agora é uma nova criatura,eleita,marcada indelevelmente com o selo de Deus.Isso é conversão genuína!

    A sua posição espiritual é mudada pois antes era filho das trevas e agora torna-se filho de Deus.Então inicia-se dentro dele uma grande batalha que deverá durar até que ele deixe este mundo:a luta da carne versus o espírito.Espera-se que o mal vá perdendo batalha após batalha,sendo dominado e até expulso,à semelhança de um copo de água suja que recebe continuamente um filete de água limpa e esta pouco a pouco vai expulsando a água suja.

    É por isso que se cogita de um filho de Deus comportamentos cada vez mais santos,algo impossível antes da conversão.Com o tempo,nossa prática vai se conformando à nossa posição.

    Eis um exemplo:”Aquele que furtava não furte mais;antes trabalhe,fazendo com as próprias mãos o que é bom,para que tenha com que acudir ao necessitado”(Ef 4.18).

    Quem não nasceu de novo tem pensamentos egoístas:”Vou trabalhar,ganhar dinheiro,e gozar dos prazeres deste mundo pois trabalhei e tenho direitos”.E o que nasceu de novo tem pensamentos mais nobres:”Vou trabalhar e ,com a ajuda de Deus,terei ganho,cuidarei do sustento dos meus dependentes e ainda me sobrará para acudir aqueles que necessitam de algum tipo de ajuda.E isso me dará melhores condições para lhe anunciar o Evangelho”.

    E,devido ao desgaste neste mundo,de tempos em tempos,precisamos renovar nossa aliança com Jesus.Ele nos dará força moral e espiritual.

    Quando Jesus está morando no coração de uma pessoa,esta tem uma nova visão de mundo,do universo,de toda a criação,e até de si mesmo.Ele não se vê mais como uma pessoa que tem direitos que devem ser atendidos mas sim como um servo que deve fazer a obra de Deus.

    E ela olha para as pessoas com compaixão e amor,entendendo que amar ao próximo é atender às necessidades do próximo.E qual é a maior necessidade do próximo se não receber a Jesus como Senhor e Salvador de sua vida?

    Quem tem a Jesus no coração vê as pessoas de um jeito que o mundo não vê:”Senhor,o que posso fazer nesta circunstância para levar aquelas pessoas a conhecerem a Jesus?”.

    Se é verdade que as misericórdias de Deus renovam-se a cada manhã,também é verdade que o amor entre um crente e Jesus renova-se todos os dias nos nossos corações pois nos tornamos novas criaturas desde quando fomos convertidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.