Pular para o conteúdo

CONSIDERAI O VOSSO PASSADO

“Considerai o vosso passado” é um esboço de sermão Exortativo baseado em Ageu 1.1-10Os judeus haviam retornado do exílio, sob o decreto do rei Ciro da Pérsia, em 538 a.C., para cumprir uma missão principal, que era a reconstrução do Templo (o culto ao SENHOR era a “alma” daquele povo, sua identidade e unidade, e o Templo era o lugar determinado para isso).

Devido às oposições externas e desencorajamentos internos, eles abandonaram a missão por dezesseis ou dezessete anos (Ed 4.1-4). 

O Senhor conclama o povo da aliança para voltar a reconstruir o Templo. A indiferença deles para com esta missão revelava algo mais grave e profundo: Uma ofensiva indiferença para com a presença de Deus.

Por isso, eles viviam sob as maldições da aliança (1.6, 9, 11), mas não percebiam isso. Deus, então, os faz refletir: Considerai o vosso passado! Não é à toa que tudo esta dando errado em suas vidas.

Quais FATOS eles precisavam considerar?

  • Uma falsidade é denunciada.
  • Há uma maldição divina em andamento.
  • Uma proposta de bênção é feita.

1º FATO: UMA FALSIDADE É DENUNCIADA

  • Eu, o Senhor vosso Deus os libertei do exílio para reconstruir minha casa.
  • Agora vocês ficam postergando, dizendo que “Ainda não é tempo de edificar a Casa do Senhor”.
  • Lá no cativeiro, vocês nem tinham casa, pois lá não era o país de vocês.
  • No entanto, aqui vocês estão construindo as suas próprias casas.
  • Se é possível vocês construírem as suas casas, por que abandonaram a minha?
  • É muita falsidade da parte de vocês.
  • É justo que a minha casa fique em ruínas?

2º FATO: UMA MALDIÇÃO É IDENTIFICADA (A maldição da aliança)

Nota: Não existe respaldo bíblico para o conceito de maldição do jeito que é ensinado por aí, proferida por seres humanos uns contra os outros.

A Bíblia diz que uma palavra de “maldição” (um aviso de que coisas ruins vão acontecer) dita por um profeta só acontece se foi o próprio Deus quem o mandou falar (como é o caso da maldição do Malaquias 3.9, por exemplo). Para acessar o estudo bíblico sobre isso, clique aqui.

Aquele povo não percebia que as coisas ruins que estavam acontecendo com eles era uma maldição em andamento, proferida pelo próprio Deus.

  • Tendes semeado muito e recolhido pouco.
  • Comeis, mas não chega para fartar-vos.
  • Bebeis, mas não dá para saciar-vos.
  • Vestis-vos, mas ninguém se aquece.
  • O que recebe salário, recebe-o num saco sem fundo.
  • Esperastes o muito, e eis que veio a ser pouco.
  • E esse pouco, quando trouxestes para casa, com um assopro Eu o dissipei.
  • Os céus sobre vós retêm o seu orvalho, e a terra, os seus frutos.
  • Fiz vir a seca sobre a terra.

Porque? Por causa da missão que foi abandonada, pois a casa do SENHOR permanecia em ruínas, ao passo que cada um fazia correria por causa de sua própria casa.

3º UMA PROPOSTA DE BÊNÇÃO É FEITA

  • Retomem a missão.
  • Voltem à casa do SENHOR.
  • Trazei madeira e edificai esta casa.
  • Dela me agradarei e serei glorificado.
  • E voltarei a abençoá-los.

Sabemos que Deus haveria de reverter aquele quadro de maldição em benção, pois sua palavra promete no Salmo 37.4: “Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração”.

CONSIDERAÇÕES

Há uma semelhança muito grande entre esta história e nossas vidas:
a) Também fomos libertados do cativeiro (do pecado).
b) Deus designou para cada um de nós uma missão no seu Reino.
c) Devemos buscar o Reino de Deus e a sua justiça em primeiro lugar.
d) Se agirmos assim, Deus se agradará de nós, o Seu Nome será glorificado e nós seremos grandemente abençoados.

Por outro lado, quando abandonamos a Casa do Senhor para correr atrás dos nossos próprios interesses, a nossa situação fica igual à daquelas pessoas: “… esperamos o muito, mas eis que vem a ser pouco”. Cada vez menos. E acabamos, por fim, numa armadilha, quanto mais corremos atrás dos nossos interesses, menos temos e mais temos que correr.

Hoje Deus nos faz uma proposta: Cuidem de suas casas, isso é bom e agradável, mas cuidem também da minha. Não abandonem nem uma nem outra, Eu lhes darei forças para vencer estes grandes desafios.

“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.” – 1 Timóteo 5:8
“O zelo da tua casa me consome.” – Salmo 69.10

CONCLUSÃO

Cuide da casa de Deus com o mesmo carinho e esforço que você cuida (ou deveria cuidar) da sua casa, da sua família. Esta correria louca vai acabar, pois o SENHOR fará prosperar o seu caminho e tudo que você fizer dará muito certo.

Faça uma experiência! Tenho certeza de que você não se arrependerá.

Deus seja louvado!

 

Título: Considerai o vosso passado!
Autor: Pr Ronaldo Franco
Data: 29/12/2014

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos demais esboços: Esboços

Considerai o vosso passado

Depois que; Desde que; Enquanto; Em seguida; Ainda mais; Do mesmo modo; Bem como; Contudo;

4 comentários em “Considerai o vosso passado”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.