ATÉ DEUS FICOU ADMIRADO

“ATÉ DEUS FICOU ADMIRADO” foi o título escolhido para este sermão, escrito para nos mostrar que nós também podemos exercer a nossa fé num nível mais profundo.

“Ouvidas estas palavras, admirou-se Jesus dele e, voltando-se para o povo que o acompanhava, disse: Afirmo-vos que nem mesmo em Israel achei fé como esta” – Lucas 7.1-10.

E como era esta fé, quais eram as CARACTERÍSTICAS da fé deste homem que deixaram Jesus impressionado?

  • A sua fé era baseada na pessoa de Jesus.
  • Era a fé de um coração humilde e empático.
  • E era uma fé inteligente.

1ª CARACTERÍSTICA: A SUA FÉ ERA BASEADA NA PESSOA DE JESUS

 “E, depois de concluir todos estes discursos perante o povo, entrou em Cafarnaum. E o servo de um certo centurião, a quem muito estimava, estava doente, e moribundo. E, quando ouviu falar de Jesus enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo.” (vs 1-3).

Certamente ele ouviu falar dos milagres de Jesus, mas não foi isso o que o atraiu à Cristo. O texto enfatiza que ele ouviu falar DE JESUS, do Seu caráter, amor e humildade, por isso sentiu-se à vontade para enviar emissários para pedir que Jesus “viesse curar o seu servo”.

Ele não estava mandando em Jesus, ao contrário, estava ROGANDO, suplicando com humildade, mas com total confiança no Seu amor.


2ª CARACTERÍSTICA: ERA A FÉ DE UM CORAÇÃO HUMILDE E EMPÁTICO

“E, chegando eles junto de Jesus, rogaram-lhe muito, dizendo: É digno de que lhe concedas isto, Porque ama a nossa nação, e ele mesmo nos edificou a sinagoga. “E foi Jesus com eles; mas, quando já estava perto da casa, enviou-lhe o centurião uns amigos, dizendo-lhe: Senhor, não te incomodes, porque não sou digno de que entres debaixo do meu telhado. E por isso nem ainda me julguei digno de ir ter contigo; dize, porém, uma palavra, e o meu criado sarará” (vs 4-7).

 Os anciãos dos judeus tinham aquele centurião romano em alta conta, porque ele amava a nação de Israel e tinha construído uma sinagoga para os judeus.

No entanto, o centurião não se julgava digno de receber Jesus em sua casa, e explicou que enviou emissários em seu lugar porque não se considerava digno nem mesmo de estar na presença de Jesus. Era, de fato, um coração humilde.

Mesmo sendo uma pessoa de destaque naquela sociedade, este centurião, além de humilde, também era empático, isto é, preocupava-se com o sofrimento do próximo, no caso, com a vida de um escravo, e intercedia por ele.


3ª CARACTERÍSTICA: ERA UMA FÉ INTELIGENTE

“Porque também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados sob o meu poder, e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz. E, ouvindo isto Jesus, maravilhou-se dele, e voltando-se, disse à multidão que o seguia: Digo-vos que nem ainda em Israel tenho achado tanta fé. E, voltando para casa os que foram enviados, acharam são o servo enfermo” (vs 8-10).

Seu raciocínio era lógico: “Mesmo sendo indigno, quando eu dou uma ordem, meus subordinados obedecem na mesma hora, imagina, então, Jesus… qualquer ordem sua será imediatamente realizada”.

Podemos dizer que este centurião acreditava no que acreditava.

Infelizmente, muitos “fiéis” tem uma fé “burra”, não acreditam no que dizem acreditar. Por exemplo, muitos dizem acreditar que Deus é fiel, no entanto, andam ansiosos (um pouco de ansiedade é natural, porém há pessoas que vivem e se afundam na ansiedade), contrariando o ensino das Escrituras, que diz:

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” (Fp 4.6-7). 

Outros dizem acreditar que Deus está no controle de tudo, mas consideram pegar em armas para defender suas posições políticas e ideológicas à bala.

CONCLUSÃO
As características da fé deste centurião romano que impressionaram Jesus, são:
  • A sua fé era baseada na pessoa de Jesus.
  • Era a fé de um coração humilde e empático.
  • E era uma fé inteligente.

– E quanto à sua fé, também tem características que impressionam Jesus?
– Sua fé é inteligente, você acredita de verdade naquilo que diz crer?

 


Título: Até Deus ficou admirado
Autor: Pr Ronaldo Franco
Data: 27/01/2015

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos demais esboços: Esboços

Até Deus ficou admirado

Por outro lado; Assim como; Em contrapartida; Igualmente; Ao contrário; Agora; Apenas; Constantemente; Depois que; Desde que; Enquanto;

 

1 comentário em “Até Deus ficou admirado”

  1. “E Eu,quando for levantado da terra,atrairei todos a mim mesmo”(Jo 12.32b).Esse gentio é uma espécie de primícia dessa atração.

    Um oficial romano,um centurião,bondoso para com seu escravo e também para com o povo judeu revela que,muito possivelmente,sua alma estava já lhe remetendo para Jesus,mostrando-lhe que sua busca espiritual pelo Deus verdadeiro passava pelo povo judeu e depois por Jesus!

    Mt 8.5-13 nos diz que o centurião foi pessoalmente.Achamos que inicialmente este,o centurião,enviou uma delegação de judeus mas depois,talvez ansioso e sob grande expectativa emocional,enviou mais um grupo,desta feita de amigos,e talvez,não aguentando a espera,foi pessoalmente mesmo sabendo que não era digno.O oficial romano superou o preconceito religioso da época e desse episódio aprendemos que qualquer um pode ir,pela fé, a Jesus que será bem recebido!”O que vem a Mim de modo algum o lançarei fora”(Jo 6.37b).E mais:é um erro supormos que devemos ser dignos para buscarmos ajuda em Jesus.Sua “ajuda” é para todos nós pois nenhum de nós é digno de receber a salvação(Rm 5.6ss;Sl 51.17).

    O centurião tinha a autoridade romana e sabia que uma palavra de ordem sua seria imediatamente cumprida pelos seus subordinados.E ele viu,enxergou,que Jesus tinha uma autoridade superiora,vinda dos céus, e que bastava uma palavra de ordem Sua e a doença seria imediatamente curada,sem que Jesus precisasse estar presente.Um gentio enxergou o que mutos em Israel não enxergaram!Uma confissão de fé desse quilate não poderia ficar sem resposta!

    Em Mc 6.6 lemos que Jesus “admirou-se da incredulidade deles[do povo de Israel em Nazaré]”.O ser humano só consegue fazer o Jesus-homem ficar admirado em duas situações:Incredulidade e fé,com seus resultados negativos e positivos.Qual deles vamos exercer é responsabilidade de cada um de nós!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.